FANDOM



Ponto de Divergência:Editar

Em 1968 um conjunto de empresas hoteleiras negociam com o príncipe de Sealand, Roy Bates, e ganham o direito de transformar sua micronação num grande hotel.

História:Editar

InícioEditar

Em seguida a ilha fica sobre reforma por um ano e expande seu território em dois quilômetros que é ocupado por hotéis, cassinos, restaurantes, salas de cinema e coffee shops. Graças a essas liberações, a ilha metálica recebe milhares de turistas.

No ano de 1971 o governo sealandês cria o projeto "Adotem Sealand sua Nação" que trás milhares de pessoas ao pequeno estado, se estabelecendo em barcos e trabalhando em negócios locais.

Em 1975 a ilha já tem trinta mil habitantes e tem 8 km². Boa parte desses moradores trabalham para rádios piratas ou para empresas hoteleiras. Criação da lei da proibição do consumo de drogas fabricadas no estrangeiro para melhorar suas relações no resto do mundo. Sua grande demanda por energia a força a gerar energia por meio dos ventos e pelo sol.

Guerra da Confirmação da IndependênciaEditar

Tudo parece uma maravilha em 1982 quando Sealand já abriga 100 mil pessoas e recebe mais de dois milhões por ano, mas seu esplendor assusta o Reino Unido que pretende anexar a mina de ouro que deixou escapar. Necessitando de forças armadas, o governo compra navios e armas da Argentina que os oferece por um preço baixíssimo e contrata mercenários americanos.

Durante a Guerra das Malvinas o Reino Unido aproveita a mobilização e ataca Sealand com uma pequena tropa para não ferir os turistas, mas tudo dá errado e morrem centenas de turistas, mas mesmo assim não conseguem ganhar sendo derrotados pelas sealandeses.

Sobre protesto pela chacina aos civis e turistas, milhares de pacifistas embarcam em pequenos navios e barcos para a ilha ajudar os refugiados e impedir o cerco britânico. Depois de dez dias de cerco Margaret Thatcher ordena que suas tropas abandonem Sealand pagando uma grande indenização em trocas de soldados ingleses capturados.

ReconstruçãoEditar

Fim da guerra e vários voluntários contribuem para reconstrução da ilha com dinheiro ou com sua própria presença. No ano de 1983 a ilha nem parece mais ter sido atacada pelos britânicos e apenas um local permanece igual desde a guerra que é os restos de um prédio habitado por ingleses destruído pelo bombardeio dos barcos britânicos. Sua foto seria colocada em cartazes e camisas de pacifistas, que fez com que no ano passado Margaret Thatcher perdesse as eleições pela fama de genocida.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória